Wikipedia

Resultados da pesquisa


"Você não pode ensinar nada a um homem; você pode apenas ajuda-lo a encontrar a resposta dentro dele mesmo."
Galileu Galilei

30 de novembro de 2009

O SÍMBOLO MARINHO DE VENEZA

A gôndola é extremamente difícil de construir.
Nada é deixado ao acaso pelos carpinteiros que ainda trabalham nessa arte.
Cada gôndola é feita de cerca de duas mil peças de sete tipos de madeira diferentes:
o casco é de olmo;
a quilha, de abeto;
e os remos, de faia.
São todas curvadas pelo calor de um fogo baixo.
O comprimento total da gôndola é de 11m;
sua largura máxima é de 1,45m;
e pesa cerca de 550Kg.
Isso inclui sua barra de proa,
que mede aproximadamente 1m de comprimento
e pesa entre 30Kg e 32Kg.
A lâmina superior curva da barra de proa lembra o chapéu de um doge,
e seus seis dentes representam o número de bairros em que a cidade é dividida.
Sua função principal, porém, é de estabilização.
Mantém o equilíbrio assombroso desse barco
que é impelido por apenas um remador.

– Gastone Geron, Milão / Seleções maio - 83


0 comentários:


QUEM LÊ SABE MAIS .

05 / 08 / 2010 Arqueólogos encontram complexo subterrâneo em pirâmide no México
http://www.ambientebrasil.com.br/

Um complexo subterrâneo foi localizado sob a pirâmide de Quetzalcoatl, no sítio arqueológico de Teotihuacán, conforme divulgou o Instituto Nacional de Antropologia e História mexicano (INAH).

A construção, composta por um túnel, daria acesso a uma série de galerias sob o templo dedicado a uma das principais divindades astecas, com aspectos de serpente e de pássaro.

Segundo os arqueólogos, a entrada do complexo estaria há 12 metros de profundidade e foram necessários oito meses de escavações para descobri-la.

Os especialistas acreditam que o local pode conter os restos de governantes da antiga cidade no centro do México.

A entrada do túnel teria sido fechada há 1,8 mil anos pelos habitantes e a estrutura é anterior à construção do tempo de Quetzalcoatl. O local recebia oferendas diversas como ornamentos fabricados com conchas, jade, ardósia e obsidianas.

Ao todo, o complexo teria 100 metros de profundidade. Descoberto em 2003 por Sergio Gómez e Julie Gazzola, o complexo só pode ser explorado após sete anos de planejamento e captação de recursos financeiros. A equipe que realizou o trabalho é composta por 30 profissionais.

– (Fonte: G1)

" FRASEANDO "


voltar ao topo