Wikipedia

Resultados da pesquisa


"Você não pode ensinar nada a um homem; você pode apenas ajuda-lo a encontrar a resposta dentro dele mesmo."
Galileu Galilei

20 de fevereiro de 2010

CREPÚSCULO CAIPIRA

Como um escurão noturno pontilhado por vaga-lumes, vai a vastidão da vida de um ser sensível aos males que o cerca abrindo covas em seu peito de onde brotam lágrimas que inebriam seu olhar já sexagenário.
Porém, o desafio maior é conviver com a cicatriz do tempo que volta e meia ainda sangra, e nos remete a cenas que sempre presente são como chumbo a nos calar nos ombros.
Lembro-me que em uma tarde seca de setembro ainda antes da primavera, o crepúsculo tingia de escarlate o garço horizonte, o sol parecia arrastar consigo a última nesga do dia, a noite chegava com a lassidão do tempo e os pássaros buscavam abrigo na restinga que sombreava os barrancos de um caminho fundo por onde descia um animal em busca do rio, aves noturnas ensaiavam seus primeiros vôos, o breu da noite levava um curiango aos primeiros piados que alternava com uma coruja que também piando rasgava a noite e chegavam como arrulhos nos ouvidos de um labrego que da soleira do seu beira chão assistia o inexorável envolver noturno que mal deixava ver uma figueira solitária e carrancuda lindeira a um corredor onde todas as manhãs um procissão camponesa esgueirava pelo barranco fugindo dos capins ornados por perolas de orvalho.
Há também uma velha paineirona de tronco pedregoso cujos espinhos eram como cornijas ali depositados pelo tempo para embelezar tão portentoso caule que a quase meio século ostenta uma enorme copa onde um galho seco aponta para o poente fitando o por do sol, é nessas árvores que residem toda a prosa, poesia, sentimento de saudades, todo o credo, crença. fé e a própria alma de um caboclo...

– Lazaro Carneiro / JC - Bauru

0 comentários:


QUEM LÊ SABE MAIS .

05 / 08 / 2010 Arqueólogos encontram complexo subterrâneo em pirâmide no México
http://www.ambientebrasil.com.br/

Um complexo subterrâneo foi localizado sob a pirâmide de Quetzalcoatl, no sítio arqueológico de Teotihuacán, conforme divulgou o Instituto Nacional de Antropologia e História mexicano (INAH).

A construção, composta por um túnel, daria acesso a uma série de galerias sob o templo dedicado a uma das principais divindades astecas, com aspectos de serpente e de pássaro.

Segundo os arqueólogos, a entrada do complexo estaria há 12 metros de profundidade e foram necessários oito meses de escavações para descobri-la.

Os especialistas acreditam que o local pode conter os restos de governantes da antiga cidade no centro do México.

A entrada do túnel teria sido fechada há 1,8 mil anos pelos habitantes e a estrutura é anterior à construção do tempo de Quetzalcoatl. O local recebia oferendas diversas como ornamentos fabricados com conchas, jade, ardósia e obsidianas.

Ao todo, o complexo teria 100 metros de profundidade. Descoberto em 2003 por Sergio Gómez e Julie Gazzola, o complexo só pode ser explorado após sete anos de planejamento e captação de recursos financeiros. A equipe que realizou o trabalho é composta por 30 profissionais.

– (Fonte: G1)

" FRASEANDO "


voltar ao topo